5 razões para fazer turismo gastronômico

Comer e viajar são duas paixões mundiais

Se você ama comer e viajar, provavelmente a ideia de fazer turismo gastronômico já passou em sua cabeça. Mas será que você conhece realmente as razões pelas quais deve fazer esse tipo de turismo? Venha conferir.

Viajar é uma das maiores paixões do nosso século e, um pouco por todo o globo, as pessoas estão, cada vez mais, investindo nessa atividade.

A ideia de conhecer outros locais, de se cruzar com outras formas de arquitetura, de experimentar os costumes e culturas e de se aventurar em novas experiências e, até mesmo, radicais é algo que motiva muitas pessoas a reservar uma parte de suas economias para viajar.

De fato, quando se viaja, você pode explorar todo um universo novo, onde os mais diferentes aspectos do cotidiano são desafiados, para que você possa sair de suas próprias zona de conformo para se tornar parte de algo maior: o mundo.

Os destinos são diversos e a escolha pode, claro, variar conforme o gosto pessoal de cada um. Ainda assim, mesmo viajando para um mesmo destino, as pessoas podem encontrar formas diferentes de viajar, ajustando o ângulo de sua viagem para elementos específicos.

Você pode, por exemplo, querer conhecer a cultura local, se envolvendo nas tradições e festividades do lugar que visita, pode desejar conhecer a arquitetura das cidades e seus monumentos, pode querer se lançar de penhascos ou pontes próprias para bungee jumping ou, até mesmo, descer algum rio de canoa. O propósito da viagem mudará totalmente a forma como você encara um lugar.

Isso nos leva a um outro tipo de turismo: o turismo gastronômico, no qual você orienta todo a organização de sua viagem para os alimentos, os produtos locais, os melhores restaurantes e as maiores rotas de gastronomia.

Venha conhecer 5 razões para apostar no turismo gastronômico em suas viagens.

Razão 1: Você irá aprender mais sobre as comidas do mundo

Se você é um amante da culinária e está até aproveitando para aprender a cozinhar com o Superprof, a oportunidade de correr o mundo ao mesmo tempo que aprende mais sobre as comidas do locais não pode ser esquecida.

Nessas viagens você poderá aprender quais são os ingredientes regionais e como esses podem ser integrados na culinária para que ela tenha um atrativo de sabores totalmente novo.

Essa aprendizagem não só irá marcar o momento da viagem como poderá mudar a forma como você cozinha em casa, permitindo você a criar pratos (ainda) mais saborosos.

Razão 2: Você aprenderá sobre a história dos locais

Do mesmo modo que a história do Brasil não poderia ser contada sem que se fale da produção de café ou da cana de açúcar, a história de muitos países ao redor do mundo também se baseia fortemente nas suas tradições culinárias.

Em países com mar é natural que você se cruze com tradições marinheiras que chegam à mesa em vários pratos, confeccionados com maestria. Em outros, você descobrirá que longos campos vinícolas criaram tradições em torno das bebidas espirituosas ou do vinho.

Além do mais, as próprias tradições religiosas ou as festividades locais dos países se fazem, muitas vezes, em torno de alimentos e bebidas.

Razão 3: Você provará comidas incríveis

Nos roteiros gastronômicos é bem natural que você acabe por conhecer alguns dos restaurantes mais famosos do mundo e por se lançar na experiência de conhecer as receitas de alguns dos maiores chefes da gastronomia.

Muitas pessoas qualificam essa experiência como algo para fazer “uma vez só”, já que é uma experiência única. Ainda assim, para muitos, se torna uma tradição pessoal visitar esse tipo de restaurante com alguma regularidade, já que os sabores servidos são algo de completamente novo e que sempre merece a visita.

Razão 4: Você irá expandir seus horizontes

Muitos produtos gastronômicos são completamente locais e apesar da globalização estar permitindo que, aos poucos, comecemos a provar iguarias de outros países a integrá-las nas nossas rotinas, ainda existem sabores bem exóticos ou desconhecidos, que apenas alguns povos locais usam e conhecem.

Por isso, no turismo gastronômico, o turista é convidado a se libertar do conforto dos sabores conhecidos para explorar algo de totalmente novo, que pode mudar sua vida para sempre, trazendo novas possibilidades para cozinhar no futuro.

Essa expansão dos horizontes, que é um objetivo comum de quase todos os viajantes, pode ser conquistada com a comida.

Razão 5: Você se sentirá feliz

Ainda que todas as razões mencionadas sejam reais, uma é mais importante do que as restantes: para quem gosta de comer e de cozinhar, o turismo gastronômico é uma forma de estar feliz.

Quando você permite que sua viagem mexa com todos os seus sentidos, incluindo o paladar, você descobre uma nova plenitude e um novo prazer em viajar que, provavelmente, fará com que você descubra uma satisfação totalmente distinta e nova.

FONTE: Trilhas e Aventuras

About Luiza Melo

Check Also

Portugal: de pior país do mundo a melhor da Europa

As medidas que funcionaram para conter a pandemia no país desde janeiro – e o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *