Pedra do Baú – São Bento do Sapucaí

Sem dúvida a Pedra do Baú é o principal atrativo de São Bento do Sapucaí, o conjunto de pedras pode até mesmo ser avistada de diversos ângulos da vizinha Campos do Jordão.

O acesso para o topo com vista pra paisagem cênica pra Serra da Mantiqueira conta com trilhas de diferentes níveis de dificuldades.

pedra-do-báu-sao-bento-do-sapucai

Pra saber como chegar a Pedra do Baú, qual trilha escolher, como visitar e muitas mais continue acompanhando o guia que preparamos pra vocês.

Onde está localizada a Pedra do Baú

A Pedra do Baú está localizada em São Bento do Sapucaí, que fica próxima da badalada Campos do Jordão.

Veja abaixo a distância da Complexo da Pedra Baú da capital de São Paulo e de outras cidades da Serra da Mantiqueira.

  • São Paulo Capital – 196 Km.
  • Santo Antônio do Pinhal – 51 KM.
  • Campos do Jordão – 24,2 Km.
  • Centro de São Bento do Sapucaí – 23,8 KM.

Como chegar a Pedra do Baú

Pra chegar a Pedra do Baú é necessarío utilizar o carro, pois não existe linhas de ônibus que cheguem até o complexo.

Se não possuir carro a melhor alternativa é alugar, assim você terá mais liberdade para se locomover.

Apesar do complexo da Pedra do Baú ficar localizado em São Bento do Sapucaí a distância do centro da cidade é quase igual a do centro de Campos de Jordão.

Ambos os trajetos passam em algum momento pela Rodovia Prefeito Benedicto Gomes de Souza.

vista-pedra-do-baú-estrada

Fizemos o trajeto saindo de São Bento do Sapucaí, a estrada é bem pavimentada e apesar de possuir algumas subidas, não exige muito do carro.

Durante o caminho é possível apreciar a vista da Pedra do Baú por boa parte do trajeto, que só aumenta a ansiedade de fazer a trilha.


Após deixar a estrada asfaltada, são mais 6 Km de estrada de terra, que exige certa paciência do motorista, alguns trechos são mais complicados que outros, por isso é bom ir devagar.

Tente evitar ir visitar em dias que choveu, além do terreno está escorregadio pra trilhas a estrada vai ser mais difícil de percorrer.

estrada-pra-pedra-do-baú

De Campos do Jordão saindo da Vila Capivari é só seguir o caminho em direção a Vila Campista.

Pegue então a Rodovia Prefeito Benedicto Gomes de Souza que leva ao centro de visitante da Pedra do Baú.


Mirante da Cachoeira do Toldi

Quem faz o percusso a Pedra do Baú de São Bento do Sapucaí, passa por um pequeno mirante na estrada com vista privilegiada para o topo da Cachoeira do Toldi.

É possível parar tranquilamente o carro, admirar a vista e tirar fotos da paisagem.

cachoeira-do-toldi-sao-bento-do-sapucai

A direita do deck do mirante se inicia a trilha no meio da mata para a base da cachoeira, porém devido a força das águas não é indicada para banho.

Pra quem estiver vindo de Campos de Jordão e quiser parar no mirante, é só seguir a estrada em direção a São Bento do Sapucaí, a distância do estacionamento do Bauzinho é de média 12 Km.


Complexo da Pedra do Baú

Mesmo com a Pedra do Baú nomeando o complexo, as duas pedras irmãs, Bauzinho e Ana Chata também fazem parte do monumento.

Cada uma delas conta com trilhas para acessar o topo, oferecendo vistas diferentes pra apreciar, assim como nível de esforço pra alcança-las.

vista-da-trilha-bauzinho

O complexo possui mais de 30 níveis de escaladas, sendo considerado uns dos principais pontos de escalada do Brasil.

Do alto é possível avistar além das cidades de São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão, outras cidades do Vale do Paraíba, a Serra da Mantiqueira e a divisa com Minas Gerais.

vista-serra-da-mantiqueira-bauzinho

A Pedra do Baú assim como a Pedra Grande de Atibaia é um Monumento Natural Estadual (MONA) e está localizada em uma Área de Proteção Ambiental (APA Sapucaí-Mirim).

Possui no total 3.154 hectares de área preservada.

Curiosidades da Pedra do Baú

  • A Pedra do Baú foi escalada a primeira vez pela fase sul vez em 1940, pelos irmãos Cortez (João e Antônio Teixeira de Sousa), apenas com cordas e as mãos.
  • Os degraus de ferros na Pedra do Baú começaram a ser construídos em 1943.
  • O empresário Luís Dumont Valadares que patrocinou a construção dos degraus, era sobrinho de Santos Dumont.
  • Existia um Refúgio Montanhista no alto da Pedra do Baú, considerado o primeiro do Brasil, que foi vandalizado e hoje só resta as ruínas.

Mirante do Paiol Grande

No caminho do estacionamento do Bauzinho, virando a direita se chega ao Mirante do Caramuru ou Mirante do Vale do Paiol Grande.

mirante-pedra-do-baú

Do mirante se têm uma vista única da Pedra do Baú e do Bauzinho cercada pela vegetação, foi uns dos meus ângulos favoritos pra fotografar as três pedras.

Possui alguns bancos pra sentar e admirar a vistas das três irmãs e para a cidade de São Bento do Sapucaí e arredores.

mirante-pedra-do-baú

O mirante é ainda usado como rampa de voo livre pelo Clube Pedra do Baú de Voo Livre, quem tiver interesse em realizar salto no local deve entrar em contato antecipadamente.


Estacionamento Bauzinho

  • O estacionamento do Bauzinho é de uso exclusivo para idosos ou pessoas com mobilidade reduzida. Sendo necessário deixar o carro no estacionamento perto do centro de visitantes.
  • A distância do centro de visitantes é de cerca de 1,5 km, percorrido em estrada de terra (que passa pelo mirante).
  • É possível deixar o carro no estacionamento Bauzinho quando na semana não têm um grande fluxo de pessoas pra acessar a trilha.

Trilhas da MONA Pedra do Baú

Existe três trilhas diferentes pra percorrer o complexo, a Pedra do BaúBauzinho Ana Chata.

A Bauzinho e Ana Chata são acessadas cerca de 1,5 Km de onde se localiza o centro de visitantes, no estacionamento do Bauzinho.

trilhas-mona-pedra-do-baú

A trilha do Baú é iniciada pelo estacionamento Chico Bento, onde também é possível se iniciar a Trilha Ana Chata ou pode ter início pelo Restaurante Pedra do Baú.

trilhas-mona-pedra-do-baú

O estacionamento Chico Bento fica 20 Km de distância da portaria do Bauzinho.

Continuem acompanhando pra saber os detalhes de cada trilha do complexo MONA Pedra do Baú.


Trilha do Bauzinho

A trilha do Bauzinho é a trilha é mais leve entre as três, possui cerca 1 Km (contando ida e volta) e pode ser percorrida com tempo estimado de 30 minutos.

Apesar da trilha do Bauzinho ser a mais fácil é a que apresenta a vista mais privilegiada pra Pedra do Baú, no seu topo é possível abusar dos ângulos pra irmã gigante.

A trilha é sinalizada e pode ser feita até por crianças, porém como é a maior parte subida não é indicada para pessoas com mobilidade reduzida.

Essa foi a trilha que escolhemos fazer na nossa visita a Pedra do Baú e ficamos deslumbrados com a vista que se têm no final e durante o percusso.

Desde que a trilha começa a subir pela pedra é possível contemplar a paisagem ao redor.

Nosso tempo de percusso foi maior pois paramos muitas vezes pra admirar a vista.

Visitamos no final da tarde durante a semana e encontramos pouco movimento, nos finais de semanas e feriados o volume de visitantes é maior.

O mirante natural da Pedra do Bauzinho é uns dos melhores locais pra apreciar o pôr do sol em São Bento do Sapucaí, porém é o horário mais concorrido.

Não ficamos para o pôr do sol mas conferimos ele na estrada durante a volta.

por-do-sol-estrada-pedra-do-bau

Trilha da Ana Chata

A trilha da Ana Chata é considerada de nível moderado, possui em média 3,8 Km (ida e volta).

Pode ser finalizada em até 2 horas, quando é iniciada no estacionamento do Bauzinho.

Começando a trilha a partir do estacionamento Chico Bento, o trajeto é de cerca de 5,5 Km e do Restaurante Pedra do Baú é de 2 Km.

Parte da Trilha Ana Chata exige o uso das mãos pra escalar a pedra e possui um pequeno trecho com via ferrata (degraus na pedra).

Antes de chegar no topo ainda necessário se agachar pra superar uma pequena caverna.

vista-trilha-bauzinho

Pra quem faz a trilha a partir do Restaurante do Baú, o nível de dificuldade é maior, com mais subidas e escaladas.


Apesar da trilha não ser recomendada para pessoas com mobilidade reduzida, não é obrigatório contratar um instrutor e pode ser feita por contra própria.

A vista do topo da Ana Chata está voltada pra um ângulo diferente da que se têm da Bauzinho, onde se pode observar melhor a vegetação.

Trilha do Baú


Pra realizar a Trilha do Baú é obrigatório o uso de equipamento de segurança, porém é aconselhável contratar um monitor para acompanhar a escalada.

O percusso é de nível difícil, com total de 4 Km e tempo estimado de 3h, mas pode ser maior ou menor dependendo do seu ritmo.

A maior dificuldade está por conta da via ferrata, que conta com mais de 600 graus a ser superados em uma parede de pedra de 350 metros.


Regras pra realizar a Trilha do Baú

A subida é permitida com 1 monitor para cada 6 pessoas.

É obrigatório o uso do equipamento abaixo:

  • Cadeirinha de escalada ou similar.
  • Capacete que prenda no queixo.
  • Conectores (mosquetões ou talabartes duplo).

O terreno rochoso é irregular, além de possuir precipícios no percusso, se não tiver experiência em escalada, não faça a trilha sem monitor. Não é indicado para pessoas com medo de altura.

A via ferrata da fase sul da Pedra Baú se encontra interditada pela Defesa Civil, devido ao desprendimento de rocha.


Distância do Estacionamento Chico Bento e Restaurante Pedra do Baú

Estacionamento Chico Bento – Portaria do Bauzinho (20 Km)/ Centro São Bento do Sapucaí (10 Km)/ Centro de Campos do Jordão (32 Km) / São Paulo (211 Km).

Restaurante da Pedra do Baú – Portaria do Bauzinho (18 Km)/ Centro São Bento do Sapucaí (9,6 Km)/ Centro de Campos do Jordão (31,5 Km) / São Paulo (211 Km).


Rapel na Pedra do Bauzinho

Para aqueles que não dispensam uma dose de adrenalina, pode está se programando pra fazer rapel na Pedra do Bauzinho.

O rapel no Bauzinho conta com duas descidas uma de 15 metros e a outra de 45 metros, que garantem uma vista de 300 metros de altura.

A atividade precisa ser agendada com uma agência de turismo de aventura, eles possuem equipamentos de segurança e instrutor pra acompanhar a atividade.

Ingressos para o MONA Pedra do Baú

O ingresso custa R$ 10 e permite acessar as trilhas(Bauzinho e Ana Chata) e a estrutura do centro de visitantes, que inclui banheiros e estacionamento.

O ingresso é comprado na portaria do Bauzinho, não há venda online de ingressos antecipados.

Não é cobrado entrada e nem estacionamento do acesso feito pela Estacionamento Chico Bento, porém não é possível acessar a estrutura do complexo.

Se for iniciar uma das trilha pelo Restaurante Pedra do Baú é cobrado estacionamento, chegue cedo pois o lugar costuma lotar no horário do almoço.

Horário de funcionamento do MONA Pedra do Baú


O funcionamento do MONA Pedra do Baú sofreu alteração devido aos protocolos de saúde do COVID-19 e está aberto com algumas restrições.


Novos horários de visitação

Segunda a domingo das 9h às 17h (entrada até as 16h e permanência até as 17h).

Trilha do Bauzinho não precisa de agendamento mas a entrada está sujeita a limitação diária de visitantes devido a pandemia.

Trilha Ana Chata e do Baú precisam de agendamento com 1 dia de antecedência, clique aqui para agendar.

Não esqueça de levar um documento com foto pra confirmar seu agendamento.

Pra acessar as trilhas que saem do Restaurante Pedra do Baú, se programe de acordo com o horário de funcionamento, que é nos finais de semana e feriados das 11h30 às 17h30.

Protocolos de visitação devido ao COVID-19

Pra visitar a Pedra do Baú é necessário respeitar algumas regras de acesso e protocolos por causa do COVID-19.

Além da mudança de horário e controle de pessoas, alguns espaços do novo centro de visitantes não está aberto ao público pra evitar aglomeração.

Regras de visitação

  • Uso obrigatório de máscaras, cobrindo a boca e o nariz.
  • Distanciamento de no mínimo 1,5 metros.
  • Evitar aglomerações.
  • Cuidar pra crianças e adultos cumpram as regras de higiene.
  • Lave e higienize as mãos constantemente.
  • Leve sua própria garrafa ou copo. Embu

Acesse o site da Fundação Florestal pra consultar o horário de abertura e como está funcionando a visitação de outros parques estaduais.

Alguns necessitam de agendamento e compra de ingresso antecipado.

Onde se hospedar pra visitar a Pedra do Baú

E comum quem visita a Pedra do Baú incluir no roteiro de Campos de Jordão, mas será que é a melhor alternativa de hospedagem pra fazer todas as trilhas?

Pra quem deseja apenas fazer a Trilha do Bauzinho pode está se hospedando tanto em São Bento do Sapucaí como em Campos do Jordão.

Agora se tiver interesse em fazer a Trilha do Baú e até mesmo a Ana Chata saindo do estacionamento Chico Bento ou Restaurante do Baú, a hospedagem em São Bento do Sapucaí fica mais próxima das trilhas.

Para aqueles que já conhecem Campos do Jordão se hospedar em São bento do Sapucaí é uma oportunidade de explorar a cidade.

pedra-do-bai-mirante-bauzinho

É um destino pra entrar em contato com a natureza, seja pra relaxar ou ir atrás de adrenalina. Possui cachoeiras, mirantes e um simpático centrinho com clima de interior.

Existem diversas hospedagens em São bento do Sapucaí que ficam na estrada que leva a Pedra do Baú, de econômicas a luxuosas.

Na nossa visita a Pedra do Baú, optamos por nos hospedar em São Bento do Sapucaí, alugamos uma casa no Airbnb que ficava no caminho pro complexo e com uma vista privilegiada.

Fonte: São Paulo Sem Mesmice

Check Also

Travessia Alto Palácio x Serra dos Alves – uma incrível caminhada pela Serra do Cipó

Vamos conhecer uma travessia no coração das Minas Gerais​… relativamente recente, mas que possui uma …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.