Parque Estadual de Vila Velha: o que fazer e como chegar

Este é mais um passeio que dá pra fazer em 1 dia a partir de Curitiba. Aliás, são inúmeras as opções de passeios na região de Ponta Grossa, dentre eles o Parque Estadual de Vila Velha, o Buraco do Padre e a Cachoeira da Mariquinha, além de vinícolas e outras atrações. Estando de carro é fácil, rápido e prático fazer um bate e volta e aproveitar tudo isso no mesmo dia.

O clima quente da região de Ponta Grossa atrai muitos turistas amantes da natureza. É possível passar alguns dias nessa região explorando todas as opções de passeios que eles oferecem. Mas não tínhamos muito tempo, então acabamos fazendo só um passeio de carro a partir de Curitiba mesmo.

Os Arenitos do Parque Estadual de Vila Velha são impressionantes!
Os Arenitos do Parque Estadual de Vila Velha são impressionantes!

Considerado o principal atrativo Natural de Ponta Grossa, esta Unidade de Conservação é composta por três principais atrações: os Arenitos, que são formações rochosas que apresentam formas variadas, como: a taça, o camelo, a garrafa, dentre outras; as Furnas, que se caracterizam por grandes poços de desabamento com vegetação exuberante e água no seu interior (lençol subterrâneo); e a Lagoa Dourada, que possui este nome porque as suas águas ficam com uma coloração dourada quando reflete a luz do Sol.

Como chegar no Parque Estadual de Vila Velha

Acordamos cedinho, pegamos o carro alugado em Curitiba e pegamos a estrada para conhecer as formações de arenitos, lagoas e furnas no Parque Estadual de Vila Velha. Pra chegar lá apenas colocamos o nome do parque no GPS do celular e fomos tranquilos. Mas em todo caso, a entrada fica na Rodovia BR-376, Km 515. É só seguir as placas de indicação. O local tem estacionamento grátis.

Há também lanchonete no centro de visitantes e local que pode ser utilizado para piquenique. Na base turística você encontrará banheiros, Wi-Fi e loja de souvenires.

O que fazer no Parque Estadual de Vila Velha

São 2 passeios separados. Portanto para fazer toda a visita é aconselhável chegar de manhã, pois o Parque Estadual de Vila Velha possui limite diário de visitantes (800 pessoas) e para Furnas e Lagoa Dourada possui lotação de visita para cada horário.

Fizemos primeiro o passeio das Furnas e Lagoa Dourada, e na sequência o dos Arenitos. É uma ótima combinação, pois você fecha o passeio com a cereja do bolo do parque. Todos os tours são guiados, com pouca caminhada, trilhas fáceis e planas. O ônibus do parque leva até o início das trilhas, pegando o grupo novamente no final.

Se tiver que escolher apenas um dos passeios, vá nos Arenitos. Pra mim foi uma grande surpresa ver aquele cenário magnífico. Sem falar que rendem fotos lindas! Infelizmente não conseguimos ver nenhum animal pois o sol já estava forte, mas em dias mais amenos é fácil encontrar uma fauna bem diversificada.

As formações encontradas na trilha dos Arenitos são realmente incríveis. A garrafa, a bota, o camelo são impressionantes. Mas é no final da trilha que a Taça de Arenito se revela e você entende porque ela virou cartão-postal do lugar.

E o melhor é que podemos chegar pertinho para tirar fotos de tudo, sempre na passarela suspensa para causar o mínimo de impacto na natureza.

Para uma visitação tranquila e sem pressa, sugiro que você chegue o mais cedo possível no Parque Estadual de Vila Velha (principalmente em feriados) para garantir os ingressos, lembrando sempre que a capacidade limite é de 800 pessoas por dia.

Quanto custa visitar o Parque Estadual de Vila Velha

Nos dias abertos ao público o valor total do ingresso é de R$28,00 por pessoa, sendo: R$10,00 (ingresso dos Arenitos), R$8,00 (ingresso de Furnas e Lagoa Dourada) e R$10,00 (taxa do guia). Valores de Janeiro/2019.

Horário de Visitação: 8h30 às 15h30 de quarta à segunda. A permanência no local é permitida até as 17h30. O parque é fechado às terças-feiras para manutenção. Fique atento a isso.

*Para o ingresso do Parque tem direito a meia entrada: Funcionários Públicos, Estudantes, Moradores de Ponta Grossa ou Doadores de Sangue, mediante comprovação.

**A taxa do guia é preço único de R$10,00 acima de 6 anos, pago apenas em dinheiro.

***Pessoas com mais de 60 anos são isentas da taxa do Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, e pagam apenas a taxa do guia. Crianças com menos de 6 anos são isentas de todas as taxas.

Fonte: Viagens Possíveis

About Luiza Melo

Check Also

Trekking Vale do Pati: Chapada Diamantina – BA

Conhecido como um dos trekkings mais bonitos do Brasil, o Vale do Pati atrai os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *